CONCURSO PÚBLICO NACIONAL DE ANTEPROJETO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO “CENTRO HISTÓRICO DO CASARÃO GALLOTTI”, EM TIJUCAS-SC

Edital seleciona empresas para restaurar ruas históricas, em Tijucas

Um concurso público de caráter nacional foi lançado para selecionar a empresa que realizará o anteprojeto da reforma de urbanismo e paisagismo de ruas históricas no entorno do Casarão Gallotti, em Tijucas.

Considerado como o centro histórico do município, a intenção do IAB/SC (Instituto dos Arquitetos do Brasil) e da Prefeitura de Tijucas por meio da Secretaria Municipal de Cultura, é repaginar a cara do turismo da cidade.

Ruas no entorno do Casarão Gallotti serão restauradas através de edital para repaginar o centro histórico de Tijucas – Foto: Prefeitura de Tijucas/Divulgação/ND

Ruas no entorno do Casarão Gallotti serão restauradas através de edital para repaginar o centro histórico de Tijucas – Foto: Prefeitura de Tijucas/Divulgação/ND

Para desenvolver o projeto arquitetônico que configurará a construção final, um conjunto de desenhos que representam o projeto com clareza e personalidade, as empresas e os profissionais da área podem enviar suas propostas até o dia 5 de dezembro.

O edital e o regulamento, juntamente com todas as informações do concurso, serão liberadas no dia 30 de setembro por meio deste link. As inscrições do concurso serão realizadas somente pelo site.

Após a inscrição e o pagamento da taxa de participação, os inscritos receberão as informações necessárias referentes a sua participação. Os resultados finais devem ser divulgados no dia 15 de dezembro, por meio da comissão julgadora.

Os professores da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), Cesar Floriano e Almir Reis, junto de uma arquiteta indicada pela Prefeitura de Tijucas, julgarão os participantes.

Objetivos

O desenho urbano e o paisagismo devem obedecer as indicações e determinações do edital. A área de intervenção no entorno do Casarão será constituída de três trechos que, juntos, somam 6.621,63 m². Sendo eles:

  • Trecho A: Rua Coronel Gallotti, entre a BR-101, a Rua Gregório Vanucci e a Rua Maria Gallotti, com 257,03 metros de extensão, acrescida do prolongamento da calçada da margem beira-rio, com 55 metros. A área aproximada é de 2.954,13 m²;
  • Trecho B: Rua Maria Gallotti, entre a Rua Coronel Gallotti e a Rua Valério Gomes, com extensão aproximada de 250 metros e área de 3.217,15 m²;
  • Trecho C: Rua João Bayer entre a Rua Coronel Gallotti e o Rio Tijucas com 45 metros de extensão, a área aproximada é de 450 m².
Trechos de ruas que serão reconfigurados no entorno do Casarão Gallotti – Foto: Prefeitura de Tijucas/Divulgação/NDTrechos de ruas que serão reconfigurados no entorno do Casarão Gallotti – Foto: Prefeitura de Tijucas/Divulgação/ND

Casarão Gallotti

O Casarão Gallotti pertencia a uma tradicional e importante família de Tijucas, tendo sido construído ainda no século 19. Desde então, consagrou-se como patrimônio histórico do município.

Durante anos, o Casarão serviu como referência no município, por ter recepcionado inúmeras figuras políticas do Brasil. Além disso, foi a primeira residência a ter sistema telefônico no município, e por isso servia como central de informações da cidade.

Atualmente, o local serve como sede para exposições, apresentações culturais e outras manifestações artísticas da comunidade de Tijucas e região, conforme informações da Prefeitura do município.

O restauro e revitalização das ruas do entorno vai valorizar ainda mais o patrimônio histórico da cidade e impulsionar o turismo cultural.

 

Aguarde o envio...